6.3.08

Uma jovem turca que deseja correr para uma vida de sexo drogas e rock n' roll, longe dos pais demasiado rigorosos. Um homem esgotado por esse mesmo tipo de vida que parou de viver no momento da morte da sua esposa. Um casamento por conveniência. Um amor que floresce de um terreno de cimento e cal. Uma paixão que excede todos os limites. Uma catástrofe. O dia nasce desta vez com ele na prisão e com ela a tentar-se suicidar (encore une fois). Separados. Os anos passam, com ambos enjaulados na sua solidão, o amor sobrevive, mas o tempo tudo leva, tudo transforma e nada é como dantes.

Porém, Cahit renasceu das cinzas e Sibel nunca mais se tentou suicidar.

(foi a sinopse possível_ nunca as soube fazer, uma de várias tentativas e muitos adjectivos truncados, para completar o teaser. mas nada como ver o filme, até porque há imagens intraduzíveis ou mesmo inomináveis)

5 comentários:

ML disse...

Rosa, isto são mais metáforas?

(confused ML)

Rosa disse...

epah...desisto! E ver o filme, não? You lazy bastard :p

Tiónidas disse...

Cheguei...

Tás na minha lista (que neste caso é branca mas enfim...)

Não precisas adicionar-me... não vou postar nada no blog... é só mesmo prós link's... e pra comentar!

Faz um esforço... quem sou eu???
Não te descuides lá no meu blog hã!!!

É segredo!!!

Rosa disse...

hummmmm, desconfio...

ML disse...

:(

You are mean.